terça-feira, 9 de março de 2010

Inclusão Social

Inclusão social

A inclusão está ligada a todas as pessoas que não tem as mesmas oportunidades dentro da sociedade. Mas os excluídos socialmente são também os que não possuem condições financeiras dentro dos padrões impostos pela sociedade, os idosos, os negros e os portadores de deficiências físicas, como cadeirantes, deficientes visuais, auditivos e mentais. Existem as leis específicas para cada área, como a das cotas de vagas nas universidades, em relação aos negros, e as que tratam da inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.
A inclusão social, em suas diferentes faces, é efetivada por meio de políticas públicas, que além de oficializar, devem viabilizar a inserção dos indivíduos aos meios sociais. Para isso, é necessário que sejam estabelecidos padrões de acessibilidade nos diferentes espaços (escolas, empresas, serviços públicos), assim como é necessário o investimento em formação inicial e continuada dos profissionais envolvidos no processo de inclusão, principalmente dos professores.
O processo de inclusão social de pessoas com necessidades especiais tornou-se efetivo a partir da Declaração de Salamanca, em 1994, respaldada pela Convenção dos Direitos da Criança (1988) e da Declaração sobre Educação para Todos (1990)
Os projetos de inclusão social de maior repercussão são os seguintes:
– O processo de inclusão das pessoas com necessidades educacionais especiais nas escolas de ensino regular;
– A inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho nas empresas com mais de cem funcionários, proporcionalmente.
– O sistema de cotas para negros, índios e estudantes egressos da escola pública nas universidades.

Projeto Social

O Projeto Jornada é um projeto que oferece cursos profissionalizantes, artesanato, costura, jardinagem e computação à crianças, jovens e adultos. O projeto é andarilho, por isso o nome jornada. Os voluntários estão sempre em cidades diferentes oferecendo sua ajuda.

“Nossa visão é ver a mão de Deus se mover na vida de jovens e crianças de todas as classes sócio-econômicas, não importando qual seja sua família ou condição médica. Nós queremos ver os orfãos e abandonados sendo adotados pelo Deus Pai e vivendo o seu Amor. Nós queremos ver os abusados e a quebrados encontrarem plenitude e restauração na Redenção de Deus. Nós queremos ver crianças com deficiências amadas e curadas pelo poder de Deus.”

Nos últimos dias 6 e 7 de fevereiro desse ano, eles vieram ao Orfanato Cristo Vivo, em Valparaíso, região a 45km de Brasília. O objetivo deles era limpar todos os 100 mil m2 de terreno, e repintar as paredes internas do orfanato, limpar o parquinho e campo de futebol e tudo mais que conseguissem. E conseguiram tudo com a ajuda da comunidade e de outros voluntários.

Quem quiser conhecer mais sobre o projeto, acesse o site:
http://thejourneyproject.org/1/br/index.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário